CAMPO E LAVOURA – A primeira da última

Sem a presença do governador Eduardo Leite, às voltas com medidas emergenciais de combate do coronavírus, a campanha de vacinação contra a febre aftosa foi oficialmente aberta no Estado. O secretário da Agricultura, Covatti Filho, lembrou que essa pode ser a última imunização do rebanho, já que o Estado busca a evolução do status sanitário. O ato (foto) foi na propriedade de Selito Carboni, produtor e secretário de Agricultura de Guaíba. Localizada no limite com Barra do Ribeiro, tem plantel 650 exemplares a serem imunizados.

No Estado, a campanha tem como foco 12,6 milhões de bovinos e bubalinos. Iniciada na segunda, a vacinação tem prazo até 14 de abril para ser realizada. A secretaria avalia medidas para que o produtor não precise se deslocar até as inspetorias veterinárias para a notificação.

Também ontem, comissão de valorização do serviço oficial, de representantes da Associação dos Fiscais Agropecuários do RS (Afagro), reuniu-se com o presidente do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Aanitária Animal (Fundesa), Rogério Kerber. Em pauta, estava a preocupação dos agentes com as condições de trabalho justo no momento em que se considera retirar a vacina.

gisele.loeblein@zerohora.com.br 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora