CAMPO ABERTO – VIGÍLIA POR PAGAMENTO

Contratada pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para prestar assistência técnica a 5,93 mil famílias de assentados no Rio Grande do Sul, a Cooperativa de Trabalho e Serviços Técnicos (Cooptec) cobra pagamentos atrasados desde fevereiro. Ontem, para chamar a atenção ao problema, montou vigília no prédio do órgão em Porto Alegre.

– Temos técnicos e técnicas que estão sem receber. O não pagamento inviabiliza a nossa ação – argumenta Álvaro Delatorre, presidente da Cooptec.

Segundo o dirigente, a dívida acumulada entre o período de fevereiro e agosto é de R$ 2,15 milhões. No total, são 70 sócios vinculados ao programa.

O Incra não se manifestou até o fechamento desta edição.

gisele.loeblein@zerohora.com.br zerohora.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *