CAMPO ABERTO – UM POUCO MAIS GRAÚDA

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) elevou, mais uma vez, as previsões para a produção de soja no Rio Grande do Sul. Agora, a revisão foi para cima. O resultado de 16,97 milhões de toneladas é quase 2% maior do que o apontado na pesquisa do mês passado, quando os efeitos da estiagem na Metade Sul apareceram nos números.

A nova estimativa aproxima as projeções da Conab às da Emater, que prevê 17,09 milhões de toneladas.

As lavouras de soja do tarde, plantadas após a safra de milho, ajudaram a melhorar os índices de produtividade do Estado, influenciando positivamente o volume total.

– Não se confirmou todo o pessimismo que se tinha – observa José Bicca, superintendente da Conab no Rio Grande do Sul.

Ainda assim, a produção de soja deste ano será 9,3% menor do que em 2017. No total de grãos, segundo a Conab, essa seria a terceira melhor safra da história do Estado. Para a Emater, a segunda.

No arroz, também houve revisão para mais em relação ao dado anterior. As 7,95 milhões de toneladas ainda representam, no entanto, recuo de 9% em relação à safra passada.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *