CAMPO ABERTO – ULTIMATO EM RIO GRANDE

Importante canal para embarque de arroz, o terminal da Companhia de Silos e Armazéns (Cesa) de Rio Grande poderá ter de ser desocupado. A determinação é da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). O órgão deu prazo de um mês para recurso ou execução da decisão.

– Alegam o não pagamento de multa. Vamos levar essa questão ao governo estadual – explica Claudio Cava Correa, presidente da Cesa.

O contrato tem validade até 2019. Mas se for de fato rompido representará um problema dos grandes para o setor arrozeiro, que vem sendo impactado com o recuo de preços. Para equilibrar a oferta e ajustar o mercado, é necessário, mais do que nunca, engrossar as exportações.

– Ninguém deixa de exportar soja para embarcar arroz – confirma Cava.

Segundo a Cesa, existem 40 mil toneladas do produto armazenadas no terminal de Rio Grande.

– Temos escoado por outros terminais, mas é uma temeridade. Estamos preocupados e buscando informações mais precisas – diz Henrique Dornelles, presidente da Federarroz-RS.

gisele.loeblein@zerohora.com.br zerohora.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *