CAMPO ABERTO – TERMÔMETRO DAS VOTAÇÕES

A atuação dos parlamentares brasileiros nas votações de temas referentes às áreas social e ambiental é o parâmetro de novo medidor criado pela organização não governamental Brasil Repórter. O ruralômetro é um termômetro que "tira a febre" dos posicionamentos dos deputados federais em votações e na apresentação de projetos de lei. Quanto mais alta a temperatura, significa que pior foi o impacto nas áreas social e ambiental da votação ou proposta.

O resultado mostrou que 61% da Câmara tem atuação desfavorável à agenda dos setores que envolvem preservação do ambiente, direitos dos trabalhadores rurais e defesa de comunidades tradicionais, indígenas e quilombolas. Para chegar ao resultado, foram avaliados 131 projetos da atual legislatura e 14 votações nominais. A classificação ( favorável ou desfavorável) foi de oito organizações do terceiro setor.

– Fizemos pontuação técnica e, depois, adaptamos à escala da temperatura do corpo, por ser de melhor compreensão do público – explica Ana Magalhães, da Brasil Repórter.

O desempenho está em ruralometro.reporterbrasil.org.br.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *