CAMPO ABERTO – Saldo positivo, apesar das demissões

Apesar da queda do número de trabalhadores com carteira assinada no agronegócio no terceiro trimestre, reflexo da sazonalidade, o saldo continua positivo no ano. De janeiro a setembro, a diferença entre admitidos e desligados foi de 647. As empresas de máquinas agrícolas, que aumentaram contratações no primeiro semestre, reduziram o quadro no terceiro trimestre.

– Essa indústria criou uma expectativa que não se materializou ao longo do ano. A restrição de crédito prejudicou o setor – avalia Rodrigo Feix, economista do Departamento de Economia e Estatística.

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora