CAMPO ABERTO – SAI A ENXADA, ENTRA O ROBÔ

Cenários que devem se tornar cada vez mais comuns no campo, como o uso de robôs, aumento da produtividade a partir da tecnologia e expansão da rastreabilidade na produção, foram no Campo em Debate, ontem, na Casa RBS na Expointer.

A jornalista Giane Guerra mediou painel sobre as macrotendências com a participação de Alex Freitas, sócio da PwC Brasil, Eduardo Marckmann, CEO da Eirene Solutions, e José Crespo, zootecnista e diretor da Brasil Beef.

Para Marckmann, tecnologias inseridas da indústria 4.0, como o uso de robôs, devem chegar às propriedades rurais a longo prazo. Isso deve impactar diretamente o trabalho no meio rural.

– As pessoas vão largar a enxada para fazer programação – exemplificou.

Outra tendência que ainda engatinha, mas deve se fortalecer nos próximos anos, é a rastreabilidade, ferramenta de gestão e de acesso a novos mercados que ainda é vista pelos empresários como custo, e não como investimento.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *