CAMPO ABERTO – REFORÇO CONTRA O TABAGISMO NA SUÍÇA

As resoluções da Conferência das Partes para a Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (COP8), encerrada sábado, em Genebra, na Suíça, reforçam as estratégias propostas em convenções anteriores – regulamentação e/ou proibição de novos dispositivos, maior controle sobre propagandas dos produtos e alternativas para encaminhar a diversificação. As delegações dos 148 países participantes, de um total de 181 partes, adotaram medidas para aperfeiçoar e buscar fundos para os programas de alternativas ao cultivo de tabaco e contra o cigarro.

– Precisamos de mais tempo para erradicar o tabagismo, os governos precisam de mais tempo, mas estamos avançando – diz Vera Costa e Silva, chefe do Secretariado da Convenção-Quadro.

A proposta do Brasil, que recomendou como política a diversificação das lavouras na COP7, há dois anos, agora passa para a fase prática. A proposta de instrumentalização da medida apresentada pela Comissão Nacional para Implementação da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco para a COP8 foi aprovada. As partes também recomendam acordos de cooperação internacional e mantiveram orientação de restrições aos novos dispositivos sem combustão.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Karen Viscardi

Direto de Genebra, Suíça

Fonte : Zero Hora