CAMPO ABERTO – Pronto para começar

Com o complexo industrial oficialmente inaugurado, a cooperativa Dália se prepara para iniciar as operações da unidade localizada às margens da RS-030 em Arroio do Meio, no Vale do Taquari. As atividades estão programadas para 27 de janeiro de 2020. A capacidade inicial de abate, de 55 mil aves por dia, deve ser atingida a pleno no segundo semestre do ano.

Produção que será possível por meio da parceria com cerca de 200 produtores, que somam nove condomínios avícolas, com sistema de cotas. Cada um fornecerá, de forma alternada, 275 mil animais, o que garante abate de uma semana.

– Estamos criando uma visão de futuro, com a figura do empreendedor. O produtor pode ter outras atividades e investir no condomínio – explica Gilberto Piccinini, presidente do conselho de administração da Dália.

O empreendimento, com 18 mil metros quadrados de área construída, criou 350 vagas de emprego diretas, gerando impacto no recolhimento de impostos e ajudando a fixar os jovens no campo.

A inauguração, na sexta-feira, contou com a presença da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e do governador do Estado, Eduardo Leite.

– Foi marcante, por termos tido a coragem de investir – afirma Piccinini.

O aporte total, incluindo matrizeiro, incubatório, condomínios e área industrial fica em torno de R$ 200 milhões. A marca se prepara para atender o mercado doméstico e o internacional – de olho também no crescimento do apetite chinês. Com a nova unidade, a cooperativa amplia seu portfólio, que já tinha produção de suínos e de leite.

Levantamento da Associação das Empresas Cerealistas do Estado (Acergs) com associados aponta que 25,5% da safra de soja que está sendo cultivada neste momento já foi negociada. No milho, o percentual chega a 23%. Da produção colhida neste ano, 85,1% da oleaginosa e 83,3% do cereal foram vendidos. Os negócios de trigo, por sua vez, alcançaram 53,3%.

gisele.loeblein@zerohora.com.br 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Compartilhe!