CAMPO ABERTO – PÁGINAS ABERTAS À PRODUÇÃO DO QUEIJO SERRANO

Dedicado há mais de 20 anos ao estudo e ao acompanhamento da produção de queijo serrano, grupo formado por dois profissionais da Emater, uma professora da UFRGS e um fotógrafo lança na próxima semana livro sobre a iguaria. A publicação é parte do projeto Queijo Artesanal Serrano – Identidade Cultural nos Campos de Cima da Serra. Inclui exposição de fotos no Espaço Cultural Correios, na Capital, de 10 a 25, de terças-feiras a sábados, das 10h às 18h, com entrada gratuita.

– Achamos importante registrar esse trabalho em um livro – conta o veterinário e advogado João Carlos Santos da Luz, da Emater, um dos autores.

Ao lado dele estão o zootecnista Jaime Ries, da Emater, a veterinária Saionara de Araujo Wagner, da Ufrgs, e Fernando Kluwe Dias, fotógrafo. Eles se uniram ao jornalista Ricardo Bueno, da Alma da Palavra.

GUILHERME CORREA

Juiz da 1ª Vara Cível de Ijuí

Responsável pelo processo que avalia o pedido para converter a liquidação extrajudicial em judicial, o magistrado Guilherme Correa classifica como normal a tramitação do processo. Confira trechos da entrevista à coluna.

Qual é a situação da Cotrijui?

Em seis meses, ao mesmo tempo em que se resolviam situações emergenciais, era feito levantamento geral da cooperativa. Houve arrendamento de unidades. Foi feita assembleia geral, como forma de prestação de contas.

O senhor participou de assembleia. Que clima que encontrou?

Foi muito tranquila. A exposição por parte dos administradores foi muito clara, houve oportunidade para quem quisesse se manifestar. E, obviamente, quando se trata de cooperativa tão grande, as opiniões divergem, mas nada que tenha fugido da normalidade.

Há prazo para decisão do caso?

Não há prazo para decisão. Está se conversando muito, com boas perspectivas de se criar uma espécie de comissão de associados para fazer acompanhamento de perto dos administradores, com objetivo de segurança e transparência, de acompanhamento.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *