CAMPO ABERTO – PARA CONTER ESPECULAÇÕES

Para combater o zum zum zum em torno das mudanças no crédito agrícola, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou que o volume disponibilizado para o Plano Agrícola 2019/2020 será, no mínimo, igual ao da safra atual. Em reunião com representantes da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura Familiar (Contag), a ministra informou que os R$ 194,37 bilhões anunciados para os médios e grandes produtores e os R$ 31 bilhões para a agricultura familiar são a base nas discussões com o Ministério da Economia.

– É o mínimo, não pode diminuir. Queremos aumentar, mas vamos partir dessa base. A ideia do governo é privilegiar o pequeno e o médio produtor – afirmou a ministra.

——

SE O PROJETO DE REFORMA DA PREVIDÊNCIA ELABORADO PELA EQUIPE ECONÔMICA PROPOR MESMO O FIM DA ISENÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE EXPORTAÇÕES AGRÍCOLAS, CONFORME PREVISTO NA MINUTA INICIAL, PROVOCARÁ OUTRA GRITARIA DO AGRONEGÓCIO. A RENÚNCIA RETIRA CERCA DE R$ 7 BILHÕES POR ANO DOS COFRES DO INSS.

joana.colussi@zerohora.com.br 3218-4714

JOANA COLUSSI

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *