CAMPO ABERTO – OLHO NO OLHO

Depois de ficar de fora da Expoleite/Fenasul deste ano, os animais da raça jersey prometem dar a volta por cima na Expointer. Total de 149 exemplares foi inscrito para participar da feira no parque Assis Brasil, em Esteio. O número representa alta de 63,7% em relação ao ano passado, segundo a Secretaria da Agricultura, e é o maior contingente de gado leiteiro nesta edição.

Dirigentes da Associação de Criadores de Gado Jersey do Estado estimam ainda que, neste ano, a participação efetiva seja próxima à inscrição. Em 2017, embora 91 tenham sido inscritos, apenas 37 compareceram. Os altos custos para manutenção dos animais em Esteio têm sido um desafio para diversas raças.

Presidente em exercício da associação, Alcio Azambuja de Azambuja vê a Expointer de 2018 como uma retomada:

– Há uma aposta no crescimento do jersey, a exemplo do que está acontecendo em outros países. Além disso, os sócios se mobilizaram em torno dos 70 anos da entidade.

A feira em Esteio também é uma oportunidade de aproximar os animais do público urbano, que costuma ter a vaca malhada (característica da raça holandesa) como referência na produção de leite. Além do contato direto, com perguntas sobre os animais Azambuja diz que a docilidade das fêmeas acaba, naturalmente, atraindo os visitantes.

Projeção da associação é de que o gado jersey represente hoje mais de 15% do rebanho leiteiro no Estado.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *