CAMPO ABERTO – O TERRENO DO MILHO NO ESTADO

O plantio do milho no Estado avançou, alcançando 34% da área prevista, segundo a Emater. Por enquanto, ainda é cedo para confirmar o tamanho da redução do espaço da cultura. A estimativa inicial é de que o recuo seja de -11,65%, somando 731 mil hectares. Para o assistente técnico estadual Alencar Rugeri, o cenário é um pouco mais animador do que há 30 dias:

– A sensação é de que o produtor tem ouvido os apelos, visualizando que pode não ser tão ruim plantar milho.

Narciso Barison Neto, presidente da Associação dos Produtores e Comerciantes de Sementes e Mudas do Estado (Apassul), observa que a diminuição da venda do insumo confirma que a redução de área é um fato, porque no milho não há prática de salvar sementes:

– Pessoalmente, entendo que é uma boa oportunidade perdida pelo Estado. O Centro-Oeste deve reduzir área, e o preço pode reagir.

gisele.loeblein@zerohora.com.br zerohora.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *