CAMPO ABERTO | Novas regras

Com a regulamentação da nova lei, fica permitida a venda interestadual de produtos alimentícios produzidos de forma artesanal, com características e métodos tradicionais ou regionais próprios, boas práticas e de fabricação, desde que submetidos à fiscalização.

Na primeira etapa, será para lácteos, especialmente queijos.

A concessão do selo ficará sob responsabilidade dos Estados, cabendo ao Ministério da Agricultura coordenar a implementação da política e realizar a gestão do sistema.

Cada selo terá número de rastreabilidade que permitirá ao consumidor identificar nome do produtor, data e local de fabricação daquele item.

gisele.loeblein@zerohora.com.br

GISELE LOEBLEIN

Fonte: Zero Hora