CAMPO ABERTO | No radar

Modificações no Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro), voltado ao produtor familiar, também preocupam a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado (Fetag-RS). Segundo a entidade, a proposta transfere o gerenciamento, hoje do Banco Central, para o Ministério da Agricultura. E implementar modelo semelhante ao da agricultura empresarial, com o governo entrando apenas com a subvenção de percentual das parcelas. Pelas regras atuais, o Proagro Mais assegura cobertura em caso de perdas – de até 80% da estimativa do produtor de colheita.

CAMPO ABERTO

Fonte: Zero Hora

Compartilhe!