CAMPO ABERTO – NO RADAR

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, dará início, na terça-feira, ao Comitê Técnico Permanente de Autocontrole. A medida é o primeiro passo para mudança no sistema de inspeção. A ideia é ter autocontrole da indústria, iniciativa que divide opiniões.

— — —

RECENTE INSPEÇÃO DE FISCAIS ESTADUAIS AGROPECUÁRIOS NO VALE DO TAQUARI RESULTOU NA APREENSÃO DE 7,71 MIL QUILOS DE PRODUTOS LÁCTEOS CONSIDERADOS IMPRÓPRIOS PARA CONSUMO. HAVIA PROBLEMAS NO LOCAL DE ACONDICIONAMENTO E AUSÊNCIA DE ORIGEM COMPROVADA.

— — —

ESPAÇO SINGULAR

Há 24 anos ocupando área da Secretaria da Agricultura, no bairro Menino Deus, em Porto Alegre, os produtores da feira agroecológica têm se sentido excluídos do debate sobre a utilização do mesmo espaço por agroindústrias familiares.

A proposta, como publicou a coluna na edição de terça-feira, é para que os produtos convencionais sejam oferecidos em outros dias da semana. A feira de orgânicos é realizada nas quartas-feiras e no sábado.

Marcia Riva, agricultura e expositora, conta que os produtores tentam, sem sucesso, uma agenda com o secretário estadual Covatti Filho. E explica por que o projeto preocupa:

– Esse espaço é livre de agrotóxicos. Os consumidores têm segurança em relação aos alimentos que estão comprando. E ainda há muita confusão sobre o que é orgânico, o que é colonial. Isso poderia causar ainda mais dúvidas nas pessoas.

Soma-se a isso o temor de que possa haver a chamada contaminação cruzada (transferência de resíduos). Um abaixo-assinado colhe assinaturas – via papel e online – pela exclusividade do uso do galpão pelos produtores ecológicos. Segundo Marcia, a meta é chegar a 80 mil assinaturas.

Diretor administrativo da secretaria, Gabriel Fogaça explica que o pedido para encontro com o secretário "já está na agenda", embora sem data definida. E acrescenta que Covatti vem cumprindo compromissos fora da Capital – agora está em Brasília. Em 20 de fevereiro, o diretor relata ter recebido quatro produtores.

– Não será dado nenhum passo sem conversar com eles, mas vamos tocar o projeto. Já recebemos pedidos para participação de agroindústrias familiares – completa Fogaça.

— — —

112 mil visitantes passaram pela 19ª Expoagro Afubra, que terminou ontem em Rio Pardo, 15% a mais do que no ano passado. No pavilhão da agricultura familiar, as vendas chegaram a R$ 792, 5 mil, alta de 25%. O valor total dos negócios deve ser divulgado na segunda-feira.

CAMPO ABERTO

Fonte : Zero Hora

Compartilhe!