CAMPO ABERTO – MISSÃO INTÉRPRETE

Desde que assumiu o Ministério da Agricultura, Tereza Cristina tem se desdobrado para fazer a interlocução do setor agropecuário com o núcleo do governo. Isso inclui também o mercado externo, para quem o Brasil vende sua produção. Ontem, ela participou de evento na Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) (foto acima), em Brasília, e confirmou agenda para a quarta-feira com 51 representantes árabes.

A mensagem a ser traduzida é a de que o governo brasileiro quer intensificar parcerias comerciais.

O encontro é considerado contraponto à visita do presidente Jair Bolsonaro a Israel, com anúncio de abertura de escritório comercial em Jerusalém. Os árabes são importantes compradores dos produtos brasileiros. Segundo a ministra, o jantar já estava marcado antes da ida de Bolsonaro a Israel.

A recepção será na CNA. Superintendente de Relações Internacionais da entidade, Lígia Dutra reforça que o jantar "faz parte de série de encontros feitos em conjunto com o ministério". No cardápio, claro, comida brasileira.

– E é óbvio que a carne será halal – reforça Lígia.

Produtos halal seguem preceitos estabelecidos e autorizados no islamismo, da criação ao abate.

A ministra escalará assessores especializados que a acompanharão nas conversas. A intenção é tratar bilateralmente com os representantes diplomáticos e comerciais destas economias.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Compartilhe!