CAMPO ABERTO – LUZ À RECUPERAÇÃO

A retomada das atividades na planta de São Luiz Gonzaga (foto) é uma conquista emblemática para a Camera Agroalimentos. A empresa, com sede em Santa Rosa, está em recuperação judicial desde julho do ano passado, quando o plano foi aprovado pelos credores. O diretor da empresa, Roberto Kist, conta que medidas tomadas para devolver a saúde financeira da companhia surtiram efeito. A previsão é fechar 2017 com faturamento de cerca de R$ 1 bilhão e 620 funcionários.

– Reduzimos tamanho e redefinimos foco, paralisando unidades. Agora, estamos recontratando. A operação industrial voltou a ser robusta – diz Kist.

A produção de biodiesel, em Ijuí, é aposta do diretor para 2018:

– O biodiesel precisa de um ambiente econômico nacional favorável. É o que está se desenhando para o ano que vem, no segundo semestre.

Kist afirma que o ponto alto deste ano foi a retomada do processamento em São Luiz Gonzaga – com abertura de 60 vagas. Com isso, a empresa soma industrialização diária de 2 mil toneladas – em Santa Rosa, são 1,1 mil toneladas.

Vinte e quatro meses depois de cumprido o plano de recuperação é possível solicitar que seja levantada a condição. O caminho para chegar lá está sendo bem pavimentado.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *