CAMPO ABERTO – INTERCÂMBIO MERCOSUL-EUROPA

Além de criadores do Mercosul, circularam pelo parque Assis Brasil durante a ExpoFICCC delegações de Alemanha, Itália e França.

– Criadores desses países já estão registrando seus animais, por meio das federações do Uruguai e da Argentina – contou Eduardo Suñe, presidente da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Crioulo (ABCCC).

A Federação Internacional de Criadores de Cavalos Crioulos (FICCC) é formada hoje por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. A ideia é integrar criadores europeus à entidade, criando um registro único da raça no mundo.

– O primeiro passo para isso foi aqui, em Esteio. Agora, é um trâmite que irá depender da burocracia dos ministérios de cada país – completou Suñe.

Colaborou Karen Viscardi

joana.colussi@zerohora.com.br

JOANA COLUSSI

Fonte :Zero Hora