CAMPO ABERTO – ÁGUA PARA O ARROZ

As solicitações feitas para intervenção do governo federal no mercado de arroz surtiram efeito. Segundo a Federação das Associações de Arrozeiros do Estado (Federarroz-RS), o Planalto deverá liberar R$ 100 milhões para a realização de leilões nas modalidades Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) e Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (Pepro).

Cerca de R$ 70 milhões devem ser empregados para o cereal e, o restante, para eventuais operações com o trigo. O volume total a ser negociado é de 500 mil toneladas de arroz em casca e beneficiado.

Henrique Dornelles, presidente da Federarroz, explica que há cerca de um mês existe dificuldade na venda:

– Há entrada de arroz importado, principalmente do Paraguai. Isso é agravado pela postura do varejo, por meio de promoções, e acaba sendo transferido para o produtor.

gisele.loeblein@zerohora.com.br zerohora.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *