CAMPO ABERTO – Gostinho de campeão

Aprovados pelo paladar dos visitantes da Expointer, os produtos do Pavilhão da Agricultura Familiar precisam cair no gosto dos jurados que escolhem os campeões nas categorias queijo colonial, mel, salame, suco de uva integral, vinho tinto de mesa, vinho tinto fino, cachaça prata, cachaça premium e extrapremium. Os ganhadores serão anunciados amanhã. A plaquinha de vencedor poderá ser ostentada nos últimos três dias da feira.

– Isso ajuda a alavancar as vendas – observa Maluza Machado, da Divisão de Agroindústria Familiar da Secretaria da Agricultura, promotora do concurso.

Ontem, fui uma das avaliadoras na seleção dos melhores salames. A degustação é feita às cegas. Neste ano, seis produtos concorreram. Nos pavilhões, 36 embutidos são vendidos, mas na competição, só podem entrar na categoria os de base suína com, no máximo, 30% de carne bovina misturada. As linguiças, por exemplo, não participam da disputa.

O júri era formado ainda por um time de especialistas: Gaspar Scheid, assistente técnico regional da Emater, Saionara Araújo, professora da UFRGS, Neiton Perufo, tecnólogo em alimentos, também da Emater, e Roberto Lucena, do Ministério da Agricultura.

gisele.loeblein@zerohora.com.br 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *