CAMPO ABERTO – GENÉTICA DE ELITE EM PISTA

O cavalo Equador de Santa Edwiges fez história ao ser vendido por R$ 6,97 milhões, recorde da raça crioula, em 2017. Cerca de um mês após a venda, sua inesperada morte (teve infecção aguda no cólon) causou comoção.

Remate marcado para fevereiro de 2019 colocará à venda doses de sêmen do animal. Serão parte de leilão de liquidação da Cabanha Santa Edwiges, tradicional criatório de São Lourenço do Sul.

– Vamos vender, a princípio, 20 coberturas do Equador de Santa Edwiges no início do leilão. Serão o carro-chefe – diz Marcelo Silva, da Trajano Silva Remates.

Ele cita outro destaque do leilão: a fêmea Bonita de Santa Edwiges, campeã do Freio de Ouro em 2007. Aliás, a propriedade acumula 17 títulos da competição. O remate, com 147 lotes à venda, ocorre em 12 de fevereiro, no parque Assis Brasil, em Esteio.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Compartilhe!