CAMPO ABERTO – FUNDO DO VINHO VIRÁ COM MP

A implementação do fundo do vinho, confirmado pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina, ainda deve demorar um pouco para ser concretizada. A criação será por medida provisória, que ainda precisa ser construída e editada. O secretário de Agricultura do Estado, Covatti Filho, vai a Brasília na próxima semana para tratar do assunto. A costura vem sendo feita pela Casa Civil.

O fundo seria de cerca de R$ 150 milhões, provenientes do IPI pago pelo setor, e serviria para fomentar ações de desenvolvimento, preparando para enfrentar a competição com produtos europeus, a partir do acordo entre Mercosul e União Europeia. O presidente do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Oscar Ló, avalia que a medida ameniza, mas não resolve o problema de competitividade do vinho brasileiro:

– Teríamos de ver ainda como as vinícolas e os produtores rurais vão acessar, se o financiamento vai ser mais vantajoso do que as linhas de crédito atuais.

Para ele, redução de impostos seria mais efetiva.

Coordenador da Aliança Láctea Sul Brasileira, Ronei Volpi foi indicado para assumir, a partir de agosto, a presidência da Câmara Setorial do Leite e Derivados do Ministério da Agricultura. Se aprovado, substituirá Rodrigo Alvim.

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Compartilhe!