CAMPO ABERTO – EVOLUÇÃO DO STATUS EM DEBATE

As medidas necessárias para que o Estado consiga obter a evolução do status sanitário em relação à doença do mormo foram pauta de debate da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa. Técnicos da Secretaria da Agricultura e do Ministério da Agricultura fizeram um esclarecimento sobre o panorama no Rio Grande do Sul.

Para o Estado ser considerado livre da doença, que atinge equinos, é necessário conjunto de requisitos. Ao longo deste ano, devem ser coletadas 5 mil amostras de animais de diversas regiões. A coleta faz parte das exigências do Ministério da Agricultura.

GISELE LOEBLEIN

Fonte :Zero Hora

Compartilhe!