CAMPO ABERTO – ESPAÇO DE DISCUSSÃO DO AGRO

A RBS lançou ontem, na Expointer, o Comitê do Campo. A primeira temática discutida foi a importância de o Rio Grande do Sul adotar uma marca que identifique a produção local.

O grupo se reunirá a cada dois meses para debater temas relacionados ao agronegócio.

Participaram do primeiro encontro Antônio Padula, professor e pesquisador da UFRGS, Clenio Pillon, chefe-geral da Embrapa Clima Temperado, Diana Werner, presidente da Isla Sementes, Elizabeth Cirne Lima, presidente da Associação Brasileira de Devon, Francisco Turra, presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal, Gedeão Pereira, presidente da Farsul, José Roberto Pires Weber, presidente da Associação Brasileira de Angus, Luiz Eduardo Batalha, empresário e produtor e Valter Pötter, da Estância Guatambu.

Com fatia de 60% do crédito agrícola, o Banco do Brasil quer dobrar o valor de financiamentos na Expointer. O presidente do BB, Paulo Caffarelli, disse ontem que a meta é chegar a R$ 1 bilhão em propostas nesta edição da feira.

esclarecer os aspectos Econômicos, Técnicos e Legais da exportação de gado em pé. essa foi a proposta de evento realizado ontem na expointer pela União Brasileira dos Agraristas Universitários e pelo programa Conexão Rural. o ponto de partida foi a insegurança jurídica criada com a decisão de barrar o embarque de animais em santos no início do ano.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *