CAMPO ABERTO – EM TODOS OS RINCÕES DO ESTADO

O Rio Grande do Sul deu a largada na primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa. A meta é ter mais de 90% de cobertura dos 12,5 milhões de bovinos e bubalinos do Estado. O prazo para a imunização segue até o final do mês.

Ao mesmo tempo, avança o debate sobre a retirada da vacina. Na semana passada, a Secretaria da Agricultura entregou ao Ministério da Agricultura o pedido para a realização de auditoria na segunda quinzena de julho.

O resultado é considerado crucial na decisão a ser tomada pelo governo estadual de manter ou não a vacinação. O Paraná já decidiu que deixa de imunizar na segunda etapa da campanha, em novembro, para buscar a evolução do status sanitário. Hoje, só Santa Catarina é livre sem vacinação.

Enquanto essa decisão não é tomada, pecuaristas devem ficar atentos para os prazos de administração das doses e a comunicação às inspetorias veterinárias. A secretaria está divulgando vídeo com orientações no canal Agricultura RS no YouTube. Na foto abaixo, visita de monitoramento e orientação de técnicos da pasta na ilha de Butuí, em Itaqui, Fronteira Oeste.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Compartilhe!