CAMPO ABERTO – EM DIREÇÃO AO FIM DA VACINAÇÃO

O pedido do Rio Grande do Sul para auditoria do Ministério da Agricultura em relação à febre aftosa foi formalmente entregue ontem ao superintendente regional, Bernardo Todeschini. O documento será remetido a Brasília. Um reforço sobre a solicitação será feito ao secretário de Defesa Agropecuária do ministério, Eduardo Marques.

– Essa auditoria é determinante para a decisão de retirada da vacina – observa Todeschini.

Vistoria feita no final de 2017 avaliou o sistema de defesa animal do RS. Foram 38 itens em quatro pilares (capacidade estrutural, operacional, de execução de programas e de certificado e acesso a mercados).

A partir de deficiências apontadas naquele momento, o Estado definiu um plano de ação com medidas que já foram ou estão sendo executadas.

A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PROTEÍNA ANIMAL RECEBEU ONTEM A MINISTRA DA AGRICULTURA, TEREZA CRISTINA. EM PAUTA, O POSICIONAMENTO DO BRASIL NO ATUAL CENÁRIO, EM QUE FOCOS DE PESTE SUÍNA AFRICANA OBRIGARÃO A CHINA, MAIOR PRODUTOR MUNDIAL DA PROTEÍNA, A ABATER 10% DO REBANHO. FRANCISCO TURRA, PRESIDENTE DA ABPA, OBSERVA QUE OS ASIÁTICOS BUSCAM O PRODUTO BRASILEIRO PARA SUPRIR SEU ABASTECIMENTO.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Compartilhe!