CAMPO ABERTO – DIA DE CASA CHEIA

O feriado de 1º de maio e o tempo bom ajudaram a encher os corredores da 26ª Agrishow, em Ribeirão Preto (SP). O público compareceu em peso no terceiro dia da feira, que é uma das principais do agronegócio no país. A expectativa é de que um total de 160 mil visitantes passe pelo evento até a sexta-feira, último dia.

Da parte dos organizadores, o otimismo para um resultado positivo nos negócios se mantém. Francisco Matturro, presidente da Agrishow, afirmou que, com base nos três primeiros dias, é possível manter a projeção de crescimento de 10% nas vendas encaminhadas, que no ano passado somaram R$ 2,7 bilhões.

– O que marca esta edição é o resultado das eleições do ano passado. É a esperança de ver uma economia estabilizada. Precisamos ter previsibilidade – observou Matturro.

A Agrishow começou com recursos esgotados da linha Moderfrota, a principal ferramenta para compra de máquinas e implementos.

Mas logo na abertura veio o anúncio do governo federal de um reforço de R$ 536 milhões para o programa e outro R$ 1 bilhão em crédito a ser liberado pelo Banco do Brasil.

Além disso, as instituições financeiras têm levado ao evento outras opções de crédito para garantir a concretização dos negócios.

Outra novidade dessa edição é a retomada de área exclusiva para a exposição de empresas do segmento de sementes e de produtos químicos.

*A repórter viajou a convite de um pool de empresas do setor

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

JOANA COLUSSI*

Fonte : Zero Hora

Compartilhe!