CAMPO ABERTO – DEFUMADO POR FLORESTAS PLANTADAS

Reduzir impactos ambientais da produção de bacon defumado é um dos objetivos de pesquisadores da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP). Utilizando árvores como acácia, a mestre em Ciência e Tecnologia Izabella Soletti observou que é possível criar produto que não se diferencia das características do tradicional em crocância, suculência e sabor.

– Uma das limitações é a questão financeira, pois o processo é lento, leva cerca de duas horas e meia. Também utilizamos panceta, um corte nobre – explica Izabella.

Em nova etapa da pesquisa, a professora Carmen Contreras Castillo, orientadora do projeto, conta que equipamentos de maior precisão estão sendo utilizados para explorar o potencial do eucalipto:

– Queremos poder apresentar madeiras que não são caras, não são de desmatamento e não apresentam diferença no paladar do consumidor.

De São Paulo

JOANA COLUSSI*

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *