CAMPO ABERTO | CRESCE REGISTRO DE PRODUTOS BIOLÓGICOS

Dados divulgados pelo Ministério da Agricultura mostram que houve crescimento de 30% no registro dos defensivos de baixa toxicidade, com organismos biológicos, microbiológicos, bioquímicos, semioquímicos ou extratos vegetais. Em 2018, foram 52 novos produtos desse tipo, ante 40 em 2017.

Segundo Bruno Cavalheiro Breitenbach, chefe da Divisão de Registro de Produtos Formulados da Secretaria de Defesa Agropecuária do ministério, o prazo para a conclusão do pedido de registro de produtos biológicos ficou menor, de três a seis meses.

– A variedade de produtos beneficia muitas culturas, pois a maior parte deles são registrados para um ou mais alvos biológicos, independentemente da cultivar onde essas pragas são encontradas – acrescentou.

A quantidade ainda é pequena se comparada ao total de registros de defensivos agrícolas feito pela pasta, que foi de 450 no ano passado.

Atualmente, existem 1.345 pedidos de registro de agrotóxicos em análise na Agricultura – há ainda processo de avaliação no Ibama e na Anvisa.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte: Zero Hora