CAMPO ABERTO – COTRIJUI ARRENDA UNIDADE DE SUÍNOS

Há cem dias sob o comando de um administrador judicial, a cooperativa Cotrijui contabiliza 21 unidades arrendadas. A mais recente foi a planta de abate de suínos de São Luiz Gonzaga, nas Missões, que será alugada, pelo período de três anos, para o frigorífico Estrela, de São Paulo. O contrato foi fechado na segunda-feira. A unidade é a segunda maior empregadora do município.

A expectativa é de que seja retomada a capacidade total de abates da planta, de 1,6 mil animais por dia – hoje, está pela metade -, assim como dos postos de trabalho. A filial já teve 650 funcionários e atualmente conta com 400. Cento e quarenta produtores da região são integrados à indústria.

– Foi um fato importante para a economia do município. Ajuda a manter os empregos – afirma Sidney Luiz Brondani (PP), prefeito de São Luiz Gonzaga.

Com dívidas acumuladas ao longo de anos, a Cotrijui, que tem sede em Ijuí, estava em liquidação extrajudicial e, em 29 de janeiro deste ano, entrou em processo de liquidação judicial. Desde então, está sob o comando do administrador judicial Rafael Brizola:

– A gente fez o que era possível para manter as operações até aqui.

Brizola pagou R$ 5 milhões em dívidas trabalhistas, prestou contas sobre a devolução de grãos aos agricultores e apresentou o balanço de 2017. Agora, planeja o arrendamento de outras filiais.

O produtor de leite que busca melhorar a produtividade das vacas e a rentabilidade do negócio tem, a partir de hoje, a oportunidade de conhecer práticas de manejo, tecnologias e soluções na 41ª Expoleite/14ª Fenasul, no parque Assis Brasil, em Esteio.

– O criador pode estabelecer um parâmetro entre o que vê na feira e o que tem em casa. A qualidade dos animais, de alto valor genético e de elevada produção de leite, serve como balizador para analisar o que está correto ou o que pode melhorar na propriedade – diz Jorge Fonseca, presidente da Associação dos Criadores de Gado Holandês do Estado (Gadolando-RS).

A feira, com entrada gratuita, vai até domingo e terá a participação de 150 animais. A programação inclui exposições, julgamentos, entrega de prêmios, concurso leiteiro e o tradicional banho de leite. Outro atrativo é a FICCC, considerada a Copa do Mundo do cavalo crioulo, evento que retorna ao Brasil após nove anos. ESTRELAS DO TAMBO

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora