CAMPO ABERTO – CONTRA A PIRATARIA DE SEMENTE

O alto percentual de uso de sementes piratas de arroz, cerca de 50% da área total de 1,3 milhão de hectares no Brasil, levará a multinacional Basf a lançar a segunda edição de campanha para conter a prática ilegal. Líder no cultivo do produto no país, a empresa reforçará as ações na próxima semana, durante a 29ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz, em Capão do Leão, no sul do Estado.

– A semente certificada não apresenta risco de contaminação com plantas daninhas e garante o máximo de potencial produtivo – explica Vitor Bernardes, gerente de Marketing de Arroz da Basf.

O uso de semente salva é permitido somente com registro no Ministério da Agricultura. Com o slogan "Se essa semente fosse boa, ninguém chamava de pirata", a campanha promoverá outras ações ao longo do ano.

joana.colussi@zerohora.com.br 3218-4714

JOANA COLUSSI

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *