CAMPO ABERTO – COM MOEDA PRÓPRIA

Não é exagero dizer que participantes, criadores e visitantes da "Copa do Mundo" do cavalo crioulo vivem em um mundo à parte. Até dinheiro próprio circula por lá. O criollo (foto) serve para comprar alimentos, lembranças ou para colecionar. Tem cotação do real, e as cédulas vão de um a cem.

A ExpoFICCC vai até domingo no parque Assis Brasil,em Esteio. A Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos estima público de 30 mil pessoas.

com 60% dos financiamentos agrícolas, o Banco do Brasil tem novo gerente de mercado agronegócio no Estado. Anderson do Nascimento substitui João Paulo Comerlato.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora