CAMPO ABERTO – CHURRASCO NA FEIRA: PODE OU NÃO PODE?

Faltando poucos dias para o começo da 41ª Expointer, a fumaça de burburinho nos corredores do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, fez surgir a pergunta se havia, de fato, fogo.

A informação de criadores era de que, nesta edição, seriam proibidos os churrascos feitos em tonéis, próximos aos pavilhões onde ficam os animais. A imagem faz parte do ambiente da feira.

Segundo o sargento Adelir Cemin, comandante do Corpo de Bombeiros de Esteio, não há nenhuma determinação estabelecida a respeito desse assunto no momento:

– Estamos estudando a situação para ver a melhor alternativa. Há relato de princípio de incêndio ocorrido no ano passado. Amanhã (hoje), começamos nosso trabalho de prevenção dentro do parque.

Segundo a direção do Parque de Exposições Assis Brasil, em 2017, houve, de fato, situação de princípio de incêndio no pavilhão do gado leiteiro, onde existe bastante feno seco. Não foram registrados danos maiores.

Também houve alerta feito por entidade protetora dos direitos de animais de que a fumaça era prejudicial aos exemplares que ficam em exposição no período da feira, interferindo no bem-estar.

– Não existe proibição. Na Fenasul deste ano (feira do setor leiteiro realizada em maio), o que se fez foi dar uma recomendação – diz Volmir Rodrigues, diretor de eventos do parque.

O presidente da Federação das Associações Brasileiras de Criadores de Animais de Raça, Leonardo Lamachia, afirma que a entidade não recebeu nenhuma notificação sobre eventual proibição. E avalia que medida como essa "não faria sentido".

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Compartilhe!