CAMPO ABERTO – Chegam a 99 as denúncias de deriva

A Secretaria da Agricultura contabilizava até ontem 99 denúncias de suspeitas de deriva do herbicida 2,4-D e um total de 96 coletas para análise. Há expectativa de que os primeiros laudos saiam hoje.

O Ministério Público do Estado (MP), que tem inquérito civil para apurar o problema, aguarda os resultados para avaliar ações de combate ao problema. Ontem, produtores de culturas afetadas, prefeitos, parlamentares e representante do gabinete da presidência da Assembleia Legislativa, além do presidente da Famurs, Eduardo Freire, participaram de reunião. A entidade deve ter encontros nos municípios com denúncias. O tema também promete ganhar espaço na Assembleia.

Sobre o pedido já protocolado pela Associação de Produtores de Vinhos Finos da Campanha, para suspensão de uso do produto, o promotor Alexandre Saltz reforçou a necessidade de se ter os laudos das análises.

Valter Pötter, da Estância Guatambu, diz que os produtores estão na expectativa dos resultados "e de mudança na estratégia", se forem positivos. Ele também demonstra preocupação com o número de denúncias feitas.

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora