CAMPO ABERTO – CAMPO ABERTO

Greve prejudicou abate de aves no país

Os impactos causados pela greve dos caminhoneiros à produção agropecuária seguem sendo mensurados. Ontem, o IBGE apresentou relatório de abates do segundo trimestre deste ano. O levantamento mostrou que a indústria de aves foi afetada. Em maio, quando ocorreu a paralisação, teve o pior resultado para o mês desde 2009. Foram 1,38 bilhão de animais, queda de 4% sobre o segundo trimestre de 2017.

O mesmo não ocorreu com bovinos, que tiveram alta de 4% na comparação com igual período – com 7,72 milhões de cabeças. Nos suínos, o crescimento foi de 1,9% (abate de 10,82 milhões de exemplares) configurando o melhor desempenho em segundos trimestres desde o início da pesquisa, em 1997.

As diferenças numéricas se justificam, em parte, pelo tempo de desenvolvimento de cada uma dessas cadeias. No caso do frango, o período é curto – em média, o ciclo é de 40 dias. Ou seja, tudo ocorre de forma muito sincronizada, em um espaço pequeno. Poucos dias parados podem representar o comprometimento do sistema produtivo. Por isso as imagens de preocupação registradas à época nos aviários quando a entrega dos animais foi suspensa por conta do movimento. No caso dos suínos, o sistema também é integrado, mas a janela para a preparação nas granjas dos animais é maior.

Ainda com relação à indústria de carnes, outro dado relevante apareceu na análise das exportações feitas pela Associação Brasileira Associação Brasileira de Frigoríficos. A exemplo do que ocorreu no Estado, no país o volume embarcado cresceu 19% em agosto, na comparação com igual mês de 2017. Em receita, a alta foi de 16%. Os resultados alimentam as projeções da entidade de fechar o ano com avanço de 10%.

contag dará apoio a haddad

A Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) dará apoio à chapa de Fernando Haddad (PT) na disputa pela Presidência da República. Presidente da entidade, Aristides dos Santos explica que "dentro das regras eleitorais, a ideia é orientar o eleitor com dúvida, respeitando a diversidade de opinião".

Quatro federações não tomaram posição pela candidatura: RS, SC, PR e SP. Presidente da Federação da Agricultura do Estado (Fetag-RS), Carlos Joel da Silva entende que papel do movimento sindical "é defender interesse do produtor".

no radar

PORTO ALEGRE ganhou novo endereço para venda de produtos orgânicos e coloniais produzidos pelo coletivo Mulheres da Terra, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). É a Faculdade de Agronomia da UFRGS, na Avenida Bento Gonçalves 7.712. A feira ocorre nas terças-feiras, das 9h às 14h, e é aberta ao público em geral.

DA HORTA À COZINHA

Tornar mais próxima a relação das pessoas com os alimentos. Essa é a proposta da Semana da Alimentação, de 15 a 21 do próximo mês, no Estado. Neste ano, a temática é hortas urbanas.

Como a que o próprio Palácio Piratini, onde foi lançada a iniciativa ontem, tem (foto). A produção, que é agroecológica, abastece a cozinha da sede do governo do Estado. A Emater dá orientações sobre cultivo aos funcionários que cuidam dos legumes e das hortaliças.

– Queremos o alimento de fato ao alcance das pessoas. Para produzir, mas também para saber fazer opções mais saudáveis na gôndola dos supermercados – observa Lino Moura, diretor técnico da Emater.

A entidade é uma das que participam da ação, coordenada pela Câmara Intersecretarias de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul.

Presente em 492 municípios do RS, a Emater organizará seminários, palestras, distribuição de mudas e ações em escolas. No dia 21 de outubro, no Parque da Redenção, apresentará modelos de hortas urbanas, composteiras e sistemas verticais, além da distribuição de mudas.

– Desde a década de 1980, um grupo de entidades se reúne para celebrar o Dia da Alimentação. No Estado, este dia inspirou uma semana de debates e encaminhamentos a respeito do tema – diz Eliane Brochet, da coordenação do Fórum Estadual de Segurança Alimentar do Estado.

Entidades interessadas em propor atividades podem entrar em contato com os organizadores pelo e-mail semanadaalimentacaors@gmail.com.

GISELE LOEBLEIN

Produção: Letícia Paludo

Fonte : Zero Hora