CAMPO ABERTO – BOIA AO MAR

Endividamento de produtores é um dos grades problemas do agronegócio. O anúncio do BNDES, na sexta-feira, da criação de linha para quitação de dívidas foi espécie de boia jogada ao mar, na tentativa de trazer à terra eventuais náufragos.

O programa tem limite de R$ 5 bilhões. Se encaixam operações de custeio ou investimento acertadas até 28 de dezembro de 2017, dívidas contraídas com fornecedores de insumos agropecuários ou instituições financeiras.

– Vale como alternativa para quem não tem outra saída. O custo é muito alto, mas tem gente que está pagando juros superiores a esses ao estar na inadimplência ou para fornecedores – avalia o advogado Ricardo Alfonsin.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte: Zero Hora