CAMPO ABERTO – BEM NA FOTO

Se repetir em 2019 os números de 2018, a Associação Brasileira de Hereford e Braford estará mais do que bem na foto. Apesar de o ano ter sido de dificuldade para a pecuária de corte, a entidade obteve resultados expressivos – e recordes. A quantidade de animais abatidos pelo Programa Carne Pampa deve ficar 20% maior do que no ano passado, ultrapassando 50 mil exemplares.

Além disso, as raças tiveram desempenho superior nos remates de primavera – a maior média ficou com touros braford, com R$ 10,59 mil. Elevação puxada pelo interesse de criadores de outras regiões do Brasil, que buscam nas raças sintéticas as características necessárias para garantir a adaptação à região.

– Veem o RS como lugar onde podem se abastecer com genética de qualidade. Ninguém investe em algo que não tem retorno – pondera Felipe Azambuja, gerente de operações da ABHB.

Nas pistas, o ano teve dois recordes: primeiro, o touro Comanchero da Bela Vista, que teve cota de 50% vendida por R$ 88 mil, valorizando o animal em R$ 176 mil. Depois, Mike Tyson, vendido por R$ 80 mil, maior valor entre os touros hereford. As raças têm 850 mil animais registrados no país.

gisele.loeblein@zerohora.com.br

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Compartilhe!