CAMPO ABERTO – Aumento que preocupa

O crescimento expressivo do roubo de cargas de tabaco cru preocupa o SindiTabaco, sindicato das indústrias do setor. Nos últimos três anos, os registros cresceram 160% (veja acima) e foram concentrados no Rio Grande do Sul, maior produtor nacional da cultura.

Os ladrões levam folhas recolhidas nas propriedades e destinadas ao processamento nas empresas. O assunto foi avaliado em encontro com presença da Brigada Militar e Polícia Civil.

– Nos preocupa, primeiro, pela segurança do transportador. Além disso, é um tabaco que deixa de chegar na empresa, e a gente não sabe onde vai parar – observa Iro Schünke, presidente do SindiTabaco.

gisele.loeblein@zerohora.com.br 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Compartilhe!