CAMPO ABERTO – AUDITORIA SÓ EM 2018

A decisão de buscar auditoria do Ministério da Agricultura para dar início ao processo de retirada da vacina contra a febre aftosa foi tomada pelo Rio Grande do Sul. Mas, por enquanto, ainda não foi fixada data para que o pedido oficial seja feito à pasta. É só a partir da solicitação que o órgão marca a visita ao Estado. O Paraná, por exemplo, tomou essa atitude e tem agenda para janeiro de 2018.

– A auditoria deve ficar para o ano que vem – estima Fernando Groff, coordenador do Programa de Erradicação da Febre Aftosa da Secretaria da Agricultura.

O que já está acertada é a conclusão, até o final do próximo ano, do plano de trabalho que prevê ações como regularização de cadastros, inserção dos dados do Cadastro Ambiental Rural e vigilância oficial.

Pelo calendário do ministério, o Estado deveria retirar a vacina em 2021. O pedido de auditoria agora é uma antecipação.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *