CAMPO ABERTO – ANÚNCIOS PARA UM CRIME

Se nos cinemas o filme Três Anúncios Para um Crime ganhou destaque, nas rodovias gaúchas, está em cartaz a campanha contra a pirataria de sementes. Cerca de cem outdoors com a frase "Pirataria de Sementes é Crime, Não Corra Esse Risco" estão espalhados pelo Estado. A iniciativa, da Associação dos Produtores e Comerciantes de Sementes e Mudas do Rio Grande do Sul (Apassul), chama a atenção nas rodovias que levam à Expodireto e também dentro do parque, na área de lavouras experimentais.

O objetivo é conscientizar produtores gaúchos. No Rio Grande do Sul, a taxa média de utilização de sementes legais é de apenas 50%. Na principal cultura, a soja, dos 5,7 milhões de hectares cultivados, cerca de 20% são piratas.

– O objetivo é alertar para os riscos do uso de sementes piratas. O produtor compra mais barato, não paga royalty, e acha que está levando vantagem. Mas além de comprometer a continuidade da pesquisa, ele terá danos na produtividade – afirma Antonio Eduardo Loureiro da Silva, engenheiro agrônomo e diretor da Apassul.

O dirigente reforça que quem negocia esses insumos comete crime contra a lei de proteção de cultivares e tributária, porque está deixando de pagar imposto.

O encerramento da campanha será durante a Expoagro-Afubra, entre 20 e 22 deste mês.

gisele.loeblein@zerohora.com.br gauchazh.com/giseleloeblein 3218-4709

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *