CAMPO ABERTO – Alambiques gaúchos terão mais visibilidade em bares de Porto Alegre

O Espaço Cultural 512, na Cidade Baixa, será o primeiro a receber carta do Clube da Cachaça

Fernando Gomes / Agencia RBSNo dia em que se comemora o Dia Nacional da Cachaça, quinta-feira (dia 13), está marcado evento para o início de campanhaFernando Gomes / Agencia RBS

Bares de Porto Alegre foram escolhidos como ponto de partida para o lançamento do Clube da Cachaça dos Alambiques Gaúchos. A iniciativa pretende dar mais visibilidade ao produto elaborado no Estado. O Espaço Cultural 512, na Cidade Baixa, será o primeiro a receber a carta da bebida produzida pelas empresas participantes, com evento marcando o início da campanha na quinta-feira, dia 13. A data não foi escolhida ao acaso. Nesse dia é comemorado o Dia Nacional da Cachaça.

A ação também marca a apresentação do site oficial da Associação dos Produtores de Cana-de-Açúcar e Seus Derivados do Rio Grande do Sul (Aprodecana), que em 2019 completa 20 anos.

– Pretendemos dar início à série de ações, culminando com a carta das cachaças gaúchas, contando a história de cada um desses alambiques. O objetivo em dar visibilidade é quebrar o estigma do produto. O resultado comercial será consequência desse trabalho – explica Guilherme Carlin, presidente da Aprodecana.

Segundo o dirigente, no Rio Grande do Sul, existem mais de 2 mil alambiques, mas a maioria ainda opera informalmente. A entidade quer fazer um trabalho de aproximação e já deu o pontapé inicial na Expointer deste ano, quando também foi lançada a câmara setorial da Secretaria da Agricultura dos produtores de cana. A possibilidade enquadrar microdestilarias no Simples Nacional, desde o início do ano, é apontada como esperança de viabilidade de mais negócios.

A Aprodecana contabiliza 18 associados e tem como meta dobrar esse número até o final do ano que vem.

– Hoje, existe produção suficiente no Estado, grande parte dela já certificada – acrescenta Carlin.

Estabelecimentos interessados em participar da ação podem entrar em contato com a associação por meio do e-mail aprodecana@gmail.com.

GISELE LOEBLEIN

Fonte : Zero Hora