Café – Nove entre dez brasileiros consomem café diariamente e o Brasil é o maior exportador mundial

Brasília (13/10/2015) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) promoveu na quinta-feira, (08/10), na sede da entidade, em Brasília, um evento festivo com a degustação de vários tipos de cafés das principais regiões produtoras do país, com as espécies arábica e conilon, tradicionais nos estados de Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Bahia e Paraná.  O objetivo da CNA, a propósito do Dia Internacional do Café, comemorado oficialmente no dia primeiro de outubro, foi destacar e lembrar o fato de o café ser um dos mais importantes produtos da pauta de exportação brasileira, com influência decisiva na formação econômica, social e cultural do país.

No ano passado, as exportações brasileiras de café alcançaram receita de US$ 6,6 bilhões e embarques de 36,4 milhões de sacas, um recorde histórico do segmento cafeeiro. O Brasil é o maior produtor e exportador mundial de café e, em meados do século passado, chegou a ser o principal item da pauta de exportação brasileira, definindo os rumos da economia brasileira. Dados da Organização Internacional do Café (OIC) indicam que o consumo mundial de café, atualmente, está em torno de 150 milhões de sacas e que, até 2020, o consumo deverá atingir 170 milhões de sacas por ano.

Agregando valor – A Comissão Nacional do Café, da CNA, presidida por Breno Pereira de Mesquita, foi quem organizou o evento com o objetivo de dar visibilidade ao café como sendo um dos mais importantes produtos da marca “made in Brazil”. Para Breno Mesquita, mesmo o Brasil exportando mais o café verde, em detrimento do produto industrializado, “os cafeicultores têm conseguido agregar valor, garantindo equilíbrio entre receita e despesa”.

O consultor técnico da Comissão, Fernando Rati, e a coordenadora de política agrícola da Superintendência Técnica (SUT) da CNA, Natália Sampaio Fernandes, foram os mestres de cerimônia. O evento foi marcado pela informalidade e a curiosidade dos presentes sobre as origens, a qualidade e a importância do café para a economia brasileira.

Rati lembrou que o café é o produto mais consumido no mundo, superado apenas pela água, “ficando abaixo apenas do petróleo, em termos de importância econômica mundial”. E um fato incontestável sobre a popularidade e a importância do café no Brasil: nove em cada dez brasileiros tomam café diariamente.

Assessoria de Comunicação CNA

Fonte : Canal do Produtor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *