CADASTRO – Produtores de MT tem até o dia 15 de fevereiro para cadastrar as propriedades de soja

Ascom Famato

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) alerta os agricultores sobre o prazo final para a realização do cadastro das propriedades com plantio de soja em Mato Grosso. A Instrução Normativa Conjunta Sedec/Indea-MT nº 002/2015, de 29 de setembro de 2015, prevê que o cadastro das propriedades com plantio de soja deverá ser realizado anualmente logo após o término do plantio da lavoura, não podendo ultrapassar o dia 15 de fevereiro.

O cadastro ou atualização do cadastro é online e pode ser feito por meio do Sistema de Defesa Vegetal do Estado de Mato Grosso (Sisdev), pelo endereço eletrônico http://vegetal.indea.mt.gov.br/SISDEV/.

A analista de agricultura da Famato, Karine Machado, explica que o produtor deve, obrigatoriamente, informar todos os dados solicitados no cadastro e as coordenadas geográficas da sede da propriedade rural. O produtor deverá fornecer o croqui da lavoura com as coordenadas geográficas dos talhões sempre que for solicitado pela fiscalização do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT).

A analista reforça que o cadastro é importante para garantir a segurança sanitária no campo. Segundo Karine, a colaboração do produtor rural é fundamental para que a Defesa Sanitária Vegetal consiga acessar as áreas com lavouras de soja no estado e, com isso, fazer o acompanhamento devido do período obrigatório do vazio sanitário. 

“A orientação da Famato é para que os produtores rurais de Mato Grosso não deixem o cadastro para última hora”, alertou Karine Machado.   

Fonte: Ascom Famato