Cachaça é reconhecida como produto exclusivo do Brasil

A partir de 11 de abril, país poderá exportar o cachaça para os Estados Unidos como produto de origem exclusiva

Fernando Gomes

Foto: Fernando Gomes

Cachaça era vendida nos EUA como “Brazilian Rum”

Uma reivindicação antiga dos produtores brasileiros será atendida em poucos dias pelos Estados Unidos. A partir do dia 11 de abril, o Brasil poderá exportar a cachaça para aquele país, como produto de origem exclusiva.
O secretário de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Célio Porto, diz que esse reconhecimento abre o principal mercado do mundo para a cachaça brasileira.
– É um passo importante para a exportação de produtos de valor agregado dessa cadeia produtiva. Abre para a cachaça o mercado americano, usando um nome típico conhecido em várias partes do mundo – ressaltou.
Por determinação do país, o produto era vendido nos EUA como “Brazilian Rum”. Com a nova regulamentação, para ter o nome cachaça no rótulo, a bebida deve ser obrigatoriamente produzida no Brasil e estar de acordo com os padrões brasileiros de identidade e qualidade.
Segundo o secretário da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Cachaça do Ministério da Agricultura, Francisco Facundo, essa é uma grande conquista para os produtores da cachaça.
– Grande parte do que é produzido no Brasil vai para o mercado doméstico. Com a regulamentação dos EUA, ampliamos as chances de comércio no país – apontou. Facundo informou ainda que agora os esforços serão voltados para o reconhecimento na Europa.
– O Brasil tenta, há alguns anos, o reconhecimento na União Europeia. Esse será o próximo passo – finalizou.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA

Fonte: Ruralbr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *