Bunge vende contratos de açúcar para Wilmar

A americana Bunge, uma das maiores empresas de agronegócios do mundo, informou ontem que fechou a venda de suas operações de trading de açúcar para a asiática Wilmar International. Os termos financeiros do acordo não foram divulgados. Também em comunicado, a Wilmar informou que o negócio envolve os contratos globais de comercialização de açúcar bruto e refinado da Bunge e de suas subsidiárias, inclusive a brasileira.

Inicialmente, a expectativa era que a Wilmar comprasse apenas a carteira da Bunge na Ásia, em razão do plano da trading com sede em Cingapura de melhorar seu posicionamento na Tailândia, um dos três maiores países exportadores de açúcar do mundo, junto com Brasil e Índia. A Wilmar passou a atuar no mercado de açúcar em 2010, e hoje conta com oito usinas na Austrália e unidades de refino na Austrália, na Nova Zelândia e na Indonésia, que lidera as importações globais da commodity.

A Bunge continua com negócios no segmento sucroalcooleiro no Brasil, onde tem oito usinas que, juntas, têm capacidade para processar 22 milhões de toneladas de cana por safra. Em maio, a múlti protocolou na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pedido de registro de companhia aberta para a Bunge Açúcar & Bioenergia, que reúne tais ativos e chegou a ser avaliada por R$ 6 bilhões. Mas, pouco tempo depois, suspendeu o processo de abertura de capital devido a condições adversas do mercado.

Por Fernanda Pressinott | De São Paulo

Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *