BRDE isenta taxas de serviço na feira

O presidente do BRDE, Carlos Henrique Horn, anunciou ontem, na Expointer, a isenção de taxas de serviço para quem protocolar projetos durante a feira e apresentar a versão final da proposta até o fim do mês de setembro. As taxas, como as de fiscalização, análise e cadastro, representam em média 0,8% do valor financiado. "Vamos flexibilizar garantias na operação bancária que possam ajudar os produtores", afirmou. Atualmente, o BRDE opera com juros para aquisição de equipamentos novos de 5,5% ao ano.
Somente nos dois primeiros dias da Expointer, o BRDE recebeu projetos que totalizam R$ 9,95 milhões – aumento de 5% em relação ao mesmo período do ano passado (R$ 9,4 milhões).
Horn apresentou os resultados do primeiro semestre. O lucro líquido foi de R$ 31,6 milhões – acréscimo de 6,4% ante o mesmo período de 2011. As contratações tiveram incremento de 24,7%, alcançando R$ 1,2 bilhão, total de 2.951 novas operações.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *