Brasil se encaminha para mais uma safra recorde

O Brasil se encaminha para mais uma safra recorde de grãos, segundo o quinto levantamento do ciclo 2020/2021, divulgado nesta quinta-feira pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A analise mensal indica que os agricultores do país vão colher 268,3 milhões de toneladas, volume 4,4% (equivalente a 11,4 milhões de toneladas) superior ao de 256,9 milhões de toneladas obtido em 2019/20.

O cálculo do novo levantamento eleva a expectativa que havia em janeiro, de que a safra chegaria a 264,8 milhões de toneladas. O acréscimo de 3,5 milhões de toneladas é sustentando pelo crescimento de 4,4% na área de plantio do milho segunda safra, que está em andamento. A área total plantada no país, estimada em 67,7 milhões de hectares, representa um crescimento de 2,7% em relação à safra anterior.
A pesquisa também confirma, com variações mínimas, o levantamento de janeiro para o Rio Grande do Sul. O Estado deve colher 34,7 milhões de toneladas, com um acréscimo de 30,1% sobre as 26,7 milhões de toneladas de 2020, ano afetado por forte estiagem. Há um mês, a estimativa era de 34,1 milhões de toneladas.
A variação mais significativa foi a da soja, que passou de 19,8 milhões para 20,0 milhões de toneladas graças à revisão da perspectiva de produtividade, de 3,2 para 3,3 toneladas por hectare. A cultura também deve ser a principal responsável pelo avanço deste ano, mas, neste caso, o fator preponderante é a estiagem, que reduziu a colheita do ano passado e rebaixou a base de cálculo para 11,4 milhões de toneladas.

Da Redação

Fonte : Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *