Brasil é o principal destino do etanol americano este ano

O Brasil foi o destino de 390,65 milhões de litros de etanol exportados pelos Estados Unidos em fevereiro passado, o que representou quase metade dos embarques americanos e o dobro do volume destinado ao mercado brasileiro no mesmo mês de 2017. Os dados foram divulgados ontem pela Associação de Combustíveis Renováveis (RFA, na sigla em inglês) a partir de informações do Departamento de Comércio americano.

Pelo quarto mês seguido, o Brasil foi o principal destino das exportações americanas do biocombustível, período em que o Centro-Sul do país está em entressafra e o Nordeste e Norte, na safra.

O volume também ultrapassou com folga a cota isenta de tarifa de 20%, limitada a 150 milhões de litros por trimestre desde setembro pela Câmara de Comércio Exterior (Camex). Essa diferença indica que houve oportunidades para importar etanol dos EUA mesmo fora da cota, quando o produto estava mais barato que o nacional.

Esse forte crescimento da demanda brasileira impulsionou os embarques totais de etanol dos EUA em fevereiro, que somaram 827,87 milhões de litros. No acumulado do ano, os exportadores americanos já embarcaram 1,162 bilhão de litros, o que representou o início de ano "mais forte da história" para as exportações de etanol, segundo a RFA.

Também em fevereiro, as exportações de etanol dos EUA para a China somaram 125,30 milhões de litros – alguns volumes foram efetivamente embarcados em janeiro. O país asiático é o segundo principal destino do etanol americano. Em terceiro e quarto lugares ficaram Canadá e Cingapura, que foram o destino de 83,28 milhões de litros e 56,02 milhões de litros do produto americano, respectivamente.

Em contrapartida, os Estados Unidos não importaram nenhum volume de etanol nos dois primeiros meses deste ano. O país compra o produto basicamente do Brasil para cumprir o seu mandato de mistura de "biocombustível avançado", categoria em que o etanol de cana brasileiro se encaixa e o de milho, não.

Por Camila Souza Ramos | De São Paulo

Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *