Banco de Alimentos coletou mais de 5 mil toneladas de alimentos

O Banco de Alimentos já beneficiou 700 pequenos produtores da agricultura familiar, 33 escolas conveniadas, atendendo a 4 mil alunos, e 318 instituições. Somente neste ano, foram aplicados R$ 700 mil para a compra de produtos para instituições e escolas conveniadas. Por semana, 170 instituições buscam produtos no Banco de Alimentos.
Conforme o titular da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária, Aquicultura, Pesca e Abastecimento (Sagri), José Humberto Machado Guimarães, o Banco de Alimentos é uma realidade consolidada em Uberaba. Ele lembra que o programa está em funcionamento desde 2006. “O objetivo é captar o produto in natura juntos aos produtores rurais e cadastrar as entidades beneficiadas e a distribuição conforme demanda levantada. O Banco de Alimentos fornece gêneros alimentícios para 312 casas assistenciais, entre creches, asilos, hospitais, entidades que cuidam de deficientes e dependentes químicos, entidades religiosas, associações de bairros e clubes de mães”, ressalta.
José Humberto explica que a arrecadação de produtos e a obtenção de doações são feitas pela Sagri. “Todo o procedimento é feito a partir da identificação dos produtores. Habilitamos com a declaração de aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). A partir daí, o produtor é qualificado para fazer a doação. Daí, passamos a comprar os produtos das associações. Todas as segundas e quintas-feiras nós recebemos os produtos na Ceasa. Os produtos são comprados através do dinheiro do Governo Federal, que ajuda os pequenos produtores que são habilitados conosco", disse.
Guimarães contabiliza que, em 2007, foram doadas 198.680 toneladas de alimentos. Neste ano, até o momento, foram 140.638 toneladas. "Somando com os meses anteriores, totalizou 2.457.489 toneladas de alimentos doados. Através do Conab, foram 2.273.186 toneladas e pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) foram 423.896 toneladas, o que totaliza 5.154.571 toneladas na obtenção e coleta de alimentos doados e compras (de hortaliças, cenoura, beterraba, batata, tomate e cebola) da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e MDS", revelou. (SN)

Fonte: Jornal de Uberaba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *